Papa exorta pessoas a se desfazerem de empresas não comprometidas com o meio ambiente – Nacional

Papa exorta pessoas a se desfazerem de empresas não comprometidas com o meio ambiente – Nacional

10 de October de 2020 0 By Portal de Campo Grande
Avalie!
[Total: 0 Média: 0]

O Papa Francisco pediu no sábado que as pessoas retirassem investimentos de empresas que não estão comprometidas com a proteção do meio ambiente, acrescentando sua voz aos apelos para que o modelo econômico que emerge da pandemia do coronavírus seja sustentável.

Francis falou em uma mensagem de vídeo para um evento online chamado “Countdown Global Launch, A Call to Action on Climate Change”.

“A ciência nos diz, a cada dia com mais precisão, que precisamos agir com urgência … se quisermos ter alguma esperança de evitar mudanças climáticas radicais e catastróficas”, disse ele.

Consulte Mais informação:

O capitalismo de mercado falhou na pandemia do coronavírus, precisa de reforma: Papa Francisco

O papa listou três pontos de ação: melhor educação sobre o meio ambiente, agricultura sustentável e acesso à água potável e uma transição para o abandono dos combustíveis fósseis.

A história continua abaixo do anúncio

“Uma forma de incentivar esta mudança é levar as empresas à necessidade urgente de se comprometerem com o cuidado integral da nossa casa comum, excluindo dos investimentos as empresas que não cumprem (estes) parâmetros… e recompensando as que (cumprem)”, afirmou. .

Ele disse que a pandemia tornou a necessidade de enfrentar a crise climática e os problemas sociais relacionados ainda mais urgente.


Clique para reproduzir o vídeo 'Surto de Coronavírus: Papa Francisco pede cautela em meio à pandemia, alerta para não' cantar vitória cedo demais ''



Surto de coronavírus: Papa Francisco pede cautela em meio à pandemia, alerta para não “cantar vitória cedo demais”


Surto de coronavírus: Papa Francisco pede cautela em meio à pandemia, alerta para não “cantar vitória cedo demais”

“O sistema econômico atual é insustentável. Estamos diante de um imperativo moral … de repensar muitas coisas ”, disse ele, listando meios de produção, consumismo, desperdício, indiferença aos pobres e fontes de energia prejudiciais.

Em junho, um documento do Vaticano exortou os católicos a desinvestir nas indústrias de armamentos e combustíveis fósseis e a monitorar empresas em setores como a mineração em busca de possíveis danos ao meio ambiente.

Outros oradores e ativistas no evento online incluíram a atriz Jane Fonda, o príncipe William da Grã-Bretanha, o ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

A história continua abaixo do anúncio