Família de George Floyd vai iniciar processo civil contra a cidade de Minneapolis – National

Família de George Floyd vai iniciar processo civil contra a cidade de Minneapolis – National

15 de July de 2020 0 By Portal de Campo Grande
Avalie!
[Total: 0 Média: 0]

Os advogados da família de George Floyd devem anunciar nesta quarta-feira um processo civil contra a cidade de Minneapolis e os policiais envolvidos em sua morte.

O advogado Ben Crump planejou uma entrevista coletiva no final da manhã em Minneapolis para detalhar o processo.

Consulte Mais informação:

Especialistas médicos dizem que George Floyd falando não significa que ele possa respirar

Floyd, um homem negro algemado, morreu em 25 de maio depois que Derek Chauvin, um policial branco, pressionou o joelho contra o pescoço de Floyd por quase oito minutos, quando Floyd disse que não conseguia respirar. Chauvin é acusado de assassinato em segundo grau, assassinato em terceiro grau e homicídio culposo.

Três outros policiais no local – Tou Thao, Thomas Lane e J. Kueng – são acusados ​​de ajudar e favorecer o assassinato em segundo grau e o homicídio culposo.

A história continua abaixo do anúncio

Todos os quatro policiais foram demitidos no dia seguinte à morte de Floyd, que desencadeou protestos que se espalharam pelo mundo e se transformaram em um acerto de contas nacional sobre a raça na América.






Morte de George Floyd: oficiais acusados ​​fazem comparecimento antes do julgamento, juiz alerta sobre ordem de mordaça sobre publicidade


Morte de George Floyd: oficiais acusados ​​fazem comparecimento antes do julgamento, juiz alerta sobre ordem de mordaça sobre publicidade

A morte de Floyd também provocou pedidos para abolir o Departamento de Polícia de Minneapolis e substituí-lo por um novo departamento de segurança pública. A maioria dos membros do Conselho da Cidade apóia a mudança, dizendo que o departamento tem uma longa história e cultura de brutalidade que resistiu às mudanças.

Uma audiência pública foi planejada ainda nesta quarta-feira sobre a proposta, que exige uma mudança no estatuto da cidade que pode ir aos eleitores em novembro.

© 2020 The Canadian Press