Astronauta russo na ISS afirma ter visto OVNIs em novas filmagens – Nacional

Astronauta russo na ISS afirma ter visto OVNIs em novas filmagens – Nacional

20 de August de 2020 0 By Portal de Campo Grande
Avalie!
[Total: 0 Média: 0]

Ivan Vagner, um cosmonauta russo atualmente orbitando a Terra a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), afirma ter capturado imagens de OVNIs em potencial enquanto gravava um vídeo da aurora boreal.

“Convidados do espaço, ou como filmei o novo lapso de tempo”, escreveu Vagner em um tweet com o vídeo na manhã de quarta-feira.

O vídeo de um minuto mostra a aurora boreal passando perto da Antártica e da Austrália, diz Vagner.

“Porém, no vídeo, você verá outra coisa, não apenas a aurora”, escreveu ele.

Consulte Mais informação:

Asteróide do tamanho de um carro passou pela Terra por um fio de cabelo cósmico – e a NASA não percebeu

A filmagem mostra a borda curva da Terra à noite, com o redemoinho verde da aurora movendo-se em sua superfície e vários pontos de estrelas visíveis ao fundo.

A história continua abaixo do anúncio

“Em 9-12 segundos, 5 objetos aparecem voando lado a lado com a mesma distância”, escreveu Vagner em um tweet de acompanhamento. “O que você acha que são? Meteoros, satélites ou …? ”

Ele adicionado que o vídeo foi filmado em um lapso de tempo, então o breve flash dos “objetos” durou cerca de 52 segundos em tempo real.

Vagner não afirmou ter visto o fenômeno como aconteceu, e ninguém mais a bordo da ISS o reconheceu. Ele também não indicou exatamente quando a filmagem foi capturada.

Seja qual for o fenômeno, ele aparece como uma série de luzes dispostas em uma linha clara e angular no vídeo.

A história continua abaixo do anúncio

O astronauta russo Ivan Vagner afirma que vários pontos alinhados no espaço sobre a Terra são 'convidados do espaço'.

O astronauta russo Ivan Vagner afirma que vários pontos alinhados no espaço sobre a Terra são ‘convidados do espaço’.

Ivan Vagner / Twitter

A agência espacial russa Roscosmos compartilhou o vídeo em sua conta no Twitter na quarta-feira.

“Um vídeo interessante e ao mesmo tempo misterioso feito pelo cosmonauta da Roscosmos Ivan Wagner… da Estação Espacial Internacional,” a agência tweetou, junto com um emoji atencioso.

Vagner diz ele sinalizou o vídeo para a gerência da Roscosmos e que está sendo examinado por especialistas do Instituto de Pesquisa Espacial da Academia Russa de Ciências.

Consulte Mais informação:

A primeira foto de ‘família’ mostra dois planetas orbitando uma jovem estrela

O porta-voz da Roscosmos, Vladimir Ustimenko, confirmou que o vídeo está sendo analisado, de acordo com a agência de notícias russa TASS.

A história continua abaixo do anúncio

“É muito cedo para tirar conclusões até que nossos pesquisadores e cientistas do Roscosmos do Instituto de Pesquisa Espacial da Academia Russa de Ciências nos digam o que pensam”, disse Ustimenko. “Decidimos entregar esses materiais a especialistas, que nos dirão qual era a opinião deles”.

Vagner, 35, é um membro da tripulação pela primeira vez a bordo da ISS, onde ele e o colega russo Anatoli Ivanishin estão trabalhando com Chris Cassidy, o comandante americano da expedição.

A NASA não mencionou o vídeo de Vagner em um blog atualizado sobre a missão na quarta-feira. O blog diz que Vagner trabalhou recentemente no encanamento orbital da estação “antes de explorar maneiras de melhorar as técnicas de fotografia da Terra”.

Cassidy não tuitou nada sobre o vídeo de Vagner, e Ivanishin não está no Twitter.

Consulte Mais informação:

Sinal de rádio misterioso detectado pela primeira vez no Canadá rastreado até a galáxia próxima

Avistamentos de alienígenas e OVNIs há muito são ridicularizados como tópicos tabu para pessoas com chapéus de papel alumínio. No entanto, o assunto lentamente se tornou popular nos últimos anos, principalmente depois que o New York Times revelou que o governo dos EUA financiou pesquisas sobre o assunto por vários anos e que a pesquisa ainda estava em andamento.

Um ex-empreiteiro disse ao Times que havia informado oficiais do Pentágono sobre a recuperação de “veículos de outros mundos não feitos nesta terra”.

A história continua abaixo do anúncio

O Pentágono, desde então, reconheceu que gravou encontros com “Fenômenos Aéreos Não Identificados” (UAP).

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos lançou oficialmente três vídeos em abril passado que mostram alguns dos UAPs em ação. Os vídeos foram originalmente vazados por Tom DeLonge, o ex-líder do Blink-182 que co-fundou uma organização de pesquisa alienígena.






Novo vídeo UFO lançado, mostra incidente de 2015


Novo vídeo UFO lançado, mostra incidente de 2015

Os fenômenos permanecem inexplicados, apesar das especulações galopantes sobre visitantes de outros planetas. Autoridades americanas disseram que estão sendo mais francas sobre os UAPs porque podem ser uma ameaça. Eles também querem que os militares relatem possíveis encontros, em vez de ignorá-los por causa do estigma em torno do assunto.

O Pentágono anunciou em 14 de agosto que havia lançado uma força-tarefa UAP para “melhorar sua compreensão e obter uma visão sobre a natureza e as origens dos UAPs”.

A história continua abaixo do anúncio

O objetivo da força-tarefa é “detectar, analisar e catalogar UAPs que podem representar uma ameaça à segurança nacional dos EUA”.

Não resta nenhuma prova definitiva de que alienígenas visitaram a Terra, e todos os objetos estranhos não identificados – ou fenômenos aéreos não identificados – permanecem inexplicados, como seus nomes dizem.

Um esforço irônico para “Storm Area 51” e “libertar” os alienígenas em cativeiro também falhou no ano passado, apesar do grande entusiasmo pela ideia.

© 2020 Global News, uma divisão da Corus Entertainment Inc.